Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

Sobreviventes

Imagem
Quero ser leve. Ponderar e pensar furiosamente pelo presente, passado que se sente na pele. Antes, enquanto e depois, de sair na rua Antes, enquanto e depois de precisar  do direito, aos direitos de humano que sou e luto por ser e continuar sendo. No entanto, a humanidade é posta a prova todos os dias desafiantes que são de sobrevivência. Sobrevive-se. A balança de equilíbrio em que cada um faz a sua parte, pesa gigantescamente nas costas dos que lutam pela vida. Não há segurança, não há educação de qualidade, nem hospitais equipados,  não há polícia, militares, moradores e traficantes vencedores na guerra. Mas há governos, bem desgovernados vencendo, lucrando. "Seguros, saudáveis, educados e equipados". Jogam com os sobreviventes, em favor próprio, pois não há próximo, não há povo, não há morte, mortes que mude o olhar do centro do umbigo, para o centro do país. É fadigante, desanimador, depressivo tirar as vendas e olhar além do bandido que atira e mata. E da polícia que …