Escolhas


O que fazer quando a consequência de uma escolha atinge pessoas que você ama?
O que fazer quando essa escolha te obriga a não estar onde gostaria de estar, no momento que gostaria?
O que fazer
O que fazer... quando o estar presente é o mais importante ou possivelmente seja o ato mais próximo do seu alcance ... e não poder torná-lo real.
Sabe, eu nunca soube muito no que me tornaria, sempre me exigi muito mas, nunca tive uma certeza sobre mim mesma. Quando tento me analisar, me assusto em não saber muito sobre mim... Vejo coisas abstratas que valorizo e amo valorizar... tudo muito comum.
Ser amigo, retribuir um sorriso, dar um abraço, observar pessoas, faze-las se sentirem bem. Olhar possibilidades e extrair as melhores e mais felizes, amenizar a dor de alguma forma, querer sugar de quem a sofre...
 Sou medrosamente carrasca comigo mesma, então muito do que está ai acima me disseram...em um dia qualquer. 
(Não sei ser elogiada, não gosto... me desconcerta, me sufoca...me amedronta.) 
 Amo compartilhar alegrias... e não aceito não dividir tristezas, me odeio quando não posso chorar junto... me odeio quando não posso inutilmente, tentar amenizar a dor de alguém... odeio quando obrigatoriamente falho no que mais prezo... quando não está ao meu alcance... quando soa egoísmo e acredite não é isso!!!
                ... Na verdade não há o que fazer, 
é simplesmente mais uma consequência negativa de uma escolha, 
que estou vivendo.

Comentários

Amora disse…
Querida, não importa quão boa você seja...

Você não é perfeita. Precisa se perdoar por isso e entender que o fato disso nunca mudar, é o que nos faz únicos. Não tente. Isso só te faria adoecer!

E não se culpe pelas suas escolhas. Elas irão te levar onde você precisa chegar.

;)

Amora.

Postagens mais visitadas deste blog

Nuances

Solitude

A todos um 2014 vazio...