sexta-feira, 4 de março de 2011

Janela



Mais uma vez aqui de frente pra janela

Recostada nela estou.
Hoje amanhecendo, sinto no silêncio de uma madrugada tensa, um vento suave e frio de um outono querendo ser inverno
 Ouço uma música, duas, talvez três.
D...
Eu...
S...
Deus... Que bom que estás aqui!
Está tudo tão confuso por dentro, por fora, por dentro.
Medo, inseguranças, incertezas, sempre me rodeiam
Assustam-me, me acusam...
Há dias que os venço e dias que sou vencida
Gostaria de estar onde não estou
E lá poder fazer o que aqui faço, mas não tenho como.
Decisões têm disso...
 Dê-me sempre oportunidades de entender o porquê de tudo isso.
Quando estou perto parece que me distancio
E quando estou longe quero estar perto
Posso ter errado,
Acertado... Vai saber, espero saber um dia.
Desejo ter feito a escolha certa.
A janela é a mesma, o lugar é o mesmo, mas  meu Deus é criativo de mais pra mostrar sempre a  mesma coisa.

Suh.

Nenhum comentário:

Não vive sem...

DEUS...
AmA...sua FAMÍLIA, Amigos novos e ANTIGOS...Fazer AMIGOS, Fotografia, MÚSICA, Culturas, VIAJAR, Observar, INOVAR, Ouvir, LER, Refletir, ARTE, CRIATIVIDADE, Surpresa, APRECIAR, lembrar e relembrar, SENTIR, Cativar, CANTAR, contar/ouvir uma NOVIDADE, Cultivar, Saborear, SORRIR, bom CHEIRO bom, GARGALHADA, Curtir a VIDA e as PESSOAS...VIVER!